sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

paradoxo

..Eu vejo em você um paradoxo desesperado. Você é humilde a tal ponto de achar que não consegue nada que realmente quer, e sem querer você mostra um ar superior, que não aceita falhas, que não aceita perder (por mais normal e comum que seja). Pára de se achar pior em tudo, você só é um ser humano, em algumas situações mais vulnerável, em outras mais forte do que eu poderia acreditar. Pára de justificar a vida das pessoas e não facilitar a sua. Permita-se errar, por favor, porque se não sua vida vai ser uma eterna luta consigo mesma."

eu acho que ela tem absoluta razão quando diz que vê em mim um paradoxo desesperado. essa foi a coisa mais sensata que eu já ouvi sobre mim mesma. e foi bom ler isso porque me fez ver que não sou só eu que tenho consciência disto em mim. talvez ela, e até eu, não saibamos a dimensão, mas a exatidão disto eu sei. e ela me pegou de jeito.


(*ela: a exatidão e a dona da poesia no puxão de orelha, da inocência mais sincera, da pureza mais sensibilizante; minha irmã de coração e parceira pra sempre)

2 comentários:

ela disse...

aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaai eu não acreditooooooo!

que LINDA!!
e que honra ser citada no seu bloooog, ainda mais com tantos adjetivos x)

Bom, acho que em oito anos de amizade já dá pra te conhecer um pouquinho, e traduzir em palavras alguns detalhezinhos desse enorme coração...

eu te amo, e quero estar cada vez "mais aí" pra você!

a melhoramiga boboca babona disse...

ela é foda, vcs duas são e eu olho de longe e morro de orgulho x)