sexta-feira, 26 de outubro de 2007

conto de minuto

ela olhava procurando desesperadamente ler em seus olhos o que ele pensava. quem sabe descobrindo o que ele pensava, saberia o que pensar também.
tirou seus cabelos da testa pra sentir o sal. colocou as mãos dele entre as suas, entrelaçou os dedos o máximo que pôde e beijou-os um a um.
ensaiou por alguns segundos a sua voz mais doce, pra poder dizer aquilo que era o que ela mais queria. seria melhor dizer: "fica assim comigo pra sempre?" ou "fica aqui pra sempre?" ou seria fique, pra soar mais bonito e gramaticalmente correto? acabou rindo um riso interno e bonito de quem ri de si pra si. calou o riso, engoliu a frase, voltou pra dúvida.
ele a beijou com a cara cansada mais bonita que se pode ter ao beijar alguém. ou pelo menos foi o que ela pensou. e então ela desistiu de dizer. sorriu seu sorriso torto que ele amava, desceu as escadas, e pra não ter que pedir e ouvir a resposta, ela foi embora.

3 comentários:

galan disse...

acho que a resposta seria sim, Deca.


=***

Aline disse...

é também um conto diminuto não?
ou era essa a idéia original? :P
aoiueoiueaoieuoiea

eu tb acho q a resposta seria sim. brincadeira, forcei. até porque não tenho certeza de qual seria a pergunta, mas, mais uma vez eu termino de ler tentando enxergar mais que letras em times new roman, porque sempre tem mais o que enxergar aqui. :)

muitoo bom deh :**

Gabriel disse...

é... ela esta certa... sempre há algo a mais.
beijo =D